Estuprador e sequestradores são presos pela Guarda Civil Municipal de Valinhos.

0
1339
Objetos apreendidos na ação.

A Patrulha Ambiental de Valinhos que estava fazendo patrulhamento no Bairro Capivari, quando avistaram um veículo em atitude suspeita. Os ocupantes, ao se depararem com a viatura, tentaram fugir e acabaram colidindo em um poste.

Sidnei Aureliano, comandante da Guarda Civil Municipal da cidade, contou que um dos indivíduos saiu correndo, tentando fugir pelo matagal; enquanto o outro indivíduo foi preso dentro do veículo. Dentro do carro também havia um terceiro homem que estava algemado. Ao ser questionado pela polícia, o rapaz afirmou que após esses dois indivíduos saberem que ele molestou sua própria filha, uma adolescente de 13 anos, se passaram por policiais e o pegaram na cidade de Hortolândia, seguindo sentido Valinhos.

O outro homem que foi preso dentro do carro, confessou que, após saber da história do próprio pai abusando de sua filha, ele e o comparsa quiseram dar um corretivo no estuprador, com o intuito de causar lesões em seu órgão genital, usando uma chave de roda para bater no suspeito. Os dois rapazes ainda portavam um simulacro de pistola 380.

Objetos apreendidos na ação.

Os policiais da GCM de Valinhos, com a ajuda da Guarda Civil Municipal de Hortolândia, localizaram a garota de 13 anos, que confirmou o caso.

Os dois indivíduos já possuem passagens pela polícia. Eles foram encaminhados a delegacia e indiciados por sequestro, cárcere privado e ameaça. O pai da menina foi preso por estupro de vulnerável. Os três foram transferidos para a cadeia do Segundo Distrito Policial em Campinas.

Momento da prisão.

A mãe da adolescente de 13 anos relatou que o pai as ameaçava, dizendo que caso elas fossem na delegacia e ele fosse preso, ao sair da prisão, ele as matariam.