Mais da metade dos médicos recém-formados foi reprovada no Exame do Cremesp 2016

0
438

Os resultados do Exame do Cremesp 2016 apontaram que mais da metade dos recém-formados em escolas médicas do Estado de São Paulo foi reprovada na avaliação. Como em anos anteriores, as escolas médicas paulistas privadas tiveram maior percentual de reprovação que os cursos públicos. No entanto, houve aumento importante de reprovação em comparação ao Exame de 2015 entre os egressos das instituições públicas, passando de 26,4% para 37,8%. Já entre os cursos de Medicina privados, 66,3% dos alunos foram reprovados em 2016, também superando os resultados de 2015, com 58,8%.

O presidente e o primeiro secretário do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo, respectivamente, Mauro Aranha e Bráulio Luna Filho, apresentaram os resultados do Exame do Cremesp 2016, nesta quarta-feira, às 9 horas da manhã, em coletiva de imprensa, na sede da instituição, na rua da Consolação, 753 – São Paulo. A coletiva também teve a participação do conselheiro e coordenador do Centro de Bioética, Reinaldo Ayer de Oliveira.

12ª edição do Exame foi realizada, em 16 de outubro de 2016, nos municípios de Botucatu, Campinas, Marília, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São Carlos, São José do Rio Preto, São Paulo e Taubaté. Acesse a íntegra do relatorio sobre o Exame do Cremesp 2016.