Saias – Uma peça sempre presente no guarda-roupa feminino

0
328

No grupo de peças essenciais do guarda-roupa de qualquer mulher, as saias nunca deixam de se fazer presentes. Todo mundo tem pelo menos um modelo no armário.

Os comprimentos são todos, mas o mais importante, é que ela fique bem em você e adequada. Escolha a qual combina ou não com seu estilo.
MINI. A mini é a saia jovem por excelência. A mini continua, mas não tem nenhum jeito novo de usar. Ela está na moda desde os anos 1960, às vezes fica pouquinho e às vezes vem sozinha ou pula uma estação, mas ela nunca deixou de aparecer em nossas vidas.

O que é importante ressaltar é que ela fica fora dos ambientes formais.

MIDI. As saias mídi são um sucesso e o comprimento da vez, mas seu uso pode ficar um passo de um look envelhecido. É uma saia que está super na moda. Para não envelhecer e ainda conseguir o ar jovial e moderno, aposte em calçados fora do convencional tipo o tênis (super em alta nesse verão) ou um ankle boots.

LONGA. Com clima anos 70, a saia longa se tornou um must have na moda atual. Ela foi incorporada ao guarda-roupa do dia a dia, para ser usada de dia, não é mais a saia longa do vestido de baile. Ela não tem mais nenhuma conexão com vestidos de festa black tie e virou uma possibilidade de uso esportivo. Por exemplo a baixinha, se usar uma saia mais curta na frente, com sandália baixa e um look monocromático, fica bem. O problema da saia comprida é muito mais um problema de quadril do que de altura. Não é a que mais favorece os quadris largos.

Vale ressaltar que os três modelos ficam no esportivo. Nenhuma dessas três é especialmente bem vinda em escritório. A saia do escritório continua sendo a no joelho.

Faça sua escolha de acordo com seu estilo. Capriche nos acessórios, na make e, em hipótese alguma, esqueça o sorrisão!

COMPARTILHAR
Artigo anterior10 razões pelas quais você deve fazer sexo com seu cônjuge regularmente.
Próximo artigoBrasil fica no topo entre países mais caros para se ter um carro.
Rô Macul - Moda e Beleza
Nasci e cresci entre tecidos, texturas e cores. Esse universo cíclico e fascinante chamado moda. Tive minha própria confecção, trabalhei na área por algum tempo e, assim, fui criando um conceito próprio sobre moda e estilo.

Hoje, acompanho de perto e com muito fascínio esse mundo de tendências, consumo e diversidade.

Moda, para mim, é um conceito que abrange não somente o que vestir, mas também, quais acessórios e maquiagem usar, e principalmente, como se comportar.

Não existe acessório mais elegante e sedutor do que sentir-se bem e segura na própria roupa. E ajusta-la ao seu estilo próprio é, no mínimo, imprescindível.

Lembre-se sempre que MODA é uma oferta. ESTILO é uma escolha!