Servidores públicos de Valinhos decidem suspender greve

0
308

Após dois dias de greve contra o corte de 10% a 20% dos salários e quase duas semanas de protestos, os servidores públicos de Valinhos decidiram suspender a greve em assembleia realizada ontem à noite em frente à Prefeitura. Eles aprovaram um pacote de medidas oferecido pelo prefeito Orestes Previtale (PSB) para minimizar os danos pela decisão judicial provocada por uma ação movida pelo Ministério Público em 2012, que suspendeu um benefício que existia no município desde 1986, com alteração em 1992, e que foi considerado inconstitucional.
Entre as medidas adotadas, está a concessão de vale-alimentação de R$ 500,00 a todos servidores e o comprometimento da Prefeitura de não descontar os dois dias de paralisação. O prefeito ainda marcou reunião para janeiro de 2019 para apresentar números e estudos mais apurados sobre o resultado de 2018 e possibilidade de elaboração de propostas visando minimizar as perdas.