E agora? Com que roupa eu vou?

0
809
Quem nunca se pegou perguntando qual roupa usar em uma determinada festa que nos conte o segredo não é mesmo?
Mas sabemos que esta dúvida se faz presente quando recebemos um convite e ele não traz o Dress Code, daí sempre surge muita confusão em relação ao tipo de traje que devemos vestir.
Por mais que as regras do jogo fashion tenham mudado é sempre bom se informar a respeito do significado de cada traje.
Se vestir para uma festa é uma arte e a primeira coisa que precisamos saber é: qual é o estilo da festa, em seguida, o objetivo da festa e, só a partir daí é que se define o look.
Na dúvida do que usar ou se você não tiver informações suficientes sobre o evento, o pretinho básico servirá para toda e qualquer ocasião. Essa opção será sempre melhor do que vestir um jeans, por exemplo, mesmo que a cor preta não faça parte da cartela pessoal da pessoa. 
Os acessórios devem ser coerentes com o look: se a roupa é sem muito bordado carregue nos acessórios, mas se já existe muita informação, uma peça mais discreta é a melhor opção.
Por outro lado, existe o fator do estilo, que mesmo quando a pessoa “exagera”, não tem erro porque ela se sente à vontade no look que tem tudo a ver com ela.
Sobre os comprimentos depende realmente do gosto, existem curtos que são elegantes tanto quanto os longos, mas de qualquer forma os longos ficam mais adequados para as pessoas homenageadas. Os brilhos, inclusive, em ocasiões como essas merecem sair do guarda roupa.
Quanto aos calçados: o queridinho e elegante scarpin é o mais indicado, dificilmente a mulher erra a mão dentro de um modelo clássico como ele.
Mas nunca esqueça: o MENOS sempre será MAIS em qualquer situação.
COMPARTILHAR
Artigo anteriorO fim de uma história: Russi em Jundiaí dá lugar a Vencedor Atacadista
Próximo artigoÉ HOJE! Inscrições para concurso da câmara Municipal de Valinhos começam!
Rô Macul - Moda e Beleza
Nasci e cresci entre tecidos, texturas e cores. Esse universo cíclico e fascinante chamado moda. Tive minha própria confecção, trabalhei na área por algum tempo e, assim, fui criando um conceito próprio sobre moda e estilo.

Hoje, acompanho de perto e com muito fascínio esse mundo de tendências, consumo e diversidade.

Moda, para mim, é um conceito que abrange não somente o que vestir, mas também, quais acessórios e maquiagem usar, e principalmente, como se comportar.

Não existe acessório mais elegante e sedutor do que sentir-se bem e segura na própria roupa. E ajusta-la ao seu estilo próprio é, no mínimo, imprescindível.

Lembre-se sempre que MODA é uma oferta. ESTILO é uma escolha!