Escola de Americana obriga aluno a usar camiseta escrita “empréstimo”

0
468

Uma escola estadual de Americana obrigou um aluno a usar uniforme emprestado pela instituição, com a palavra “empréstimo” escrita nas costas. O estudante é aluno da E.E Germano Benencase Maestro, e a família disse que com a medida adotada o adolescente sofreu bullying de outros colegas.

A foto do aluno viralizou nas redes sociais, e muitos pais ficaram revoltados com a situação. Segundo os pais do aluno, a família não tem condições de comprar o uniforme, e avisou a direção da escola que aguardava o depósito do Bolsa Família.

A mãe do menino disse que avisou a instituição que iria pagar a camiseta, e que achou a medida cruel e desnecessária.

“Crueldade, porque isso mexe com o psicológico da criança. Além de eu mandar um recado no caderno dele dizendo que eu ia comprar o uniforme no dia 20 com o Bolsa Família que eu recebo, né? E eu achei ridícula a atitude da diretora”, afirmou a mãe do garoto.

O pai disse que após a medida o menino não quer mais frequentar as aulas. “Meu moleque não sabe o que falar, está até com medo de ir na escola”, contou.

Ainda de acordo com a mãe, a direção afirmou que adotou a medida para obrigar as famílias a comprarem o uniforme, pois segundo a diretora da escola, muitos estudantes iam para a escola com celulares caros e não compravam a vestimenta.

“A diretora me ligou e eu fui conversar com ela e ela disse que a intenção era essa, era pra fazer a criança passar vergonha mesmo porque eles vêm com o celular de última geração pra escola e não tem R$ 30 para comprar uma camiseta. Mas acontece que há casos e casos. Ela não conhece a situação de cada família”, disse a mãe.

PUNIÇÃO ADMINISTRATIVA

A Diretoria Regional de Ensino disse que não concorda com a atitude da instituição e vai apurar o ocorrido. Segundo o dirigente de ensino de Americana, Haroldo Ramos Teixeira, a palavra não poderia estar escrita na camisa, e a medida pode terminar em punição administrativa.

“Não pode em nenhum momento estar escrito ‘empréstimo’ na camiseta ou alguma coisa do tipo que possa constranger uma criança”, afirmou o dirigente.

Teixeira ainda diz que está apurando quem escreveu na camiseta, e que repudiou a atitude. “Como é que essa camiseta chegou lá escrito ‘empréstimo’? Quem escreveu ‘empréstimo?’ Então, precisa averiguar e ter a apuração para realmente saber para não cometer nenhuma injustiça. Mas que isso não vai ficar esquecido, não vai, porque nós vamos apurar todos os fatos. Nós repudiamos esse tipo de atitude com qualquer criança”, disse o dirigente.

Fonte: A Cidade On
Foto: A Cidade On