Exercício físico nos dias de calor e a importância da hidratação

0
658
Athletic woman drinking water after exercising - outdoors

Com o verão se aproximando, o calor é visita constante em nosso dia a dia e a busca pelo corpo perfeito aumenta nessa época do ano. Pensando nisso devemos tomar alguns cuidados com a perda de líquidos e sais minerais pela evaporação.

A combinação da atividade física vigorosa com as altas temperaturas requer muito cuidado. Apesar de ser um assunto muito abordado por vários meios de comunicação, nunca é demais reforçar e alertar os riscos que essa combinação oferece a saúde.

Quando realizamos qualquer atividade física, produzimos calor proporcional a atividade e o desafio do corpo é reduzir o calor produzido para que a temperatura corporal não aumente desproporcionalmente. Para isto existe 4 mecanismos que proporcionam a perda desse calor: condução, convecção, irradiação e evaporação.

Os 3 primeiros são mecanismos físicos de troca de calor com o ambiente, de perda direta de calor em condições favoráveis como o ar mais frio, com correntes de ar. Mas com a temperatura elevada estes mecanismos são pouco eficientes, daí a importância da evaporação pelo suor.

Quanto maior a intensidade do exercício e da temperatura ambiente, maior a necessidade de perder calor, por isso a sudorese e a evaporação do suor são mais exigidas. A consequência óbvia é uma perda cada vez maior de sais minerais e líquidos pelo suor.

Nesta situação, a reposição hídrica e mineral é essencial. Estudos científicos estimam que, para cada 1% de desidratação do corpo, existe uma perda de desempenho de 5%.

Portanto, a reposição de líquidos é fundamental, mesmo durante o exercício, assegurando a luta contra o calor e evitando a elevação da temperatura corporal, que traria uma grande ameaça a saúde.