URGENTE: Operação Lava Jato chega em VINHEDO

0
354

VINHEDO é um dos focos de uma operação da Polícia Federal iniciada hoje (31) cedo em 15 cidades do País. Batizada de RockCity, ela faz parte da 62ª fase da Operação Lava Jato. Cerca de 120 Policiais federais cumprem um mandado de prisão preventiva, cinco mandados de prisão temporária e 33 mandados de busca e apreensão nas cidades. Os mandados foram expedidos pela 13ª Vara Federal de Curitiba-PR. Esta nova etapa mira o pagamento de propinas disfarçadas de doações eleitorais.
A investigação apura relação com as atividades do Setor de Operações Estruturadas do Grupo Odebrecht, responsável por viabilizar os pagamentos ilícitos do grupo “de forma profissional e sofisticada”, para evitar o rastreamento dos valores e a descoberta dos crimes pelas autoridades de persecução penal. A suspeita é que offshores relacionadas ao Grupo Odebrecht realizavam – no exterior – transferências de valores para offshores do Grupo investigado, o qual disponibilizava dinheiro em espécie no Brasil para realização de doações eleitorais.

A informação da Polícia Federal é que um executivo da Odebrecht afirmou, em delação premiada, que utilizou o Grupo Petrópolis para realizar doações de campanha eleitoral para políticos de outubro de 2008 a junho de 2014. Estas doações resultaram em uma dívida de R$ 120 milhões da Odebrecht com a cervejaria. Em contrapartida, a Odebrecht investia em negócios do grupo.

Os investigadores apontam ainda que um dos investigados usou o programa de repatriação de recursos de 2017 para trazer ao Brasil, de forma ilegal, R$ 1,4 bilhão que foram obtidos por meio do esquema.

O nome da operação remete ao nome à tradução para o inglês de Cidade de Pedra, significado em português das palavras gregas que remetem ao grupo investigado.

Também foi determinada ordem judicial de bloqueio de ativos financeiros dos investigados. Os presos serão levados para a Superintendência da Polícia Federal no Paraná, onde serão interrogados.

A Polícia Federal não informou o local e o nome do empresário preso em VINHEDO, entretanto, segundo fontes não oficiais, o mesmo possui empresas também no município, o qual mantém cotas societárias. O acusado foi detido por volta das 7h da manhã. Na imagem abaixo, policiais federais encontram grande quantia em dinheiro em uma das mansões dos envolvidos.

FONTE: Jornal Folha Notícias